SÃO CARLOS | Comissão de Saúde da Câmara irá acompanhar sindicância sobre morte do bebê João Pedro

A Comissão Permanente de Saúde e Promoção Social da Câmara, presidida pelo vereador Lucão Fernandes e composta pelos integrantes, Cidinha do Oncológico e Elton Carvalho, irá acompanhar a sindicância sobre a morte do bebê João Pedro Godoy da Silva, de 1 ano e 6 meses, no último dia 23 de fevereiro, em São Carlos.

Lucão protocolou ofício ao prefeito Airton Garcia esta semana, solicitando que a comissão acompanhe as investigações que serão feitas pela Secretaria de Saúde do município. O vereador destaca que a morte do bebê chocou a população, demonstrando – mais uma vez – a fragilidade da saúde pública do município.

Com base em relatos de familiares e informações veiculadas por veículos de imprensa de São Carlos, o bebê morreu na noite do último dia 23 após passar por atendimento na UPA do Cidade Aracy e ser encaminhado pelo médico de plantão ao Hospital Escola, com episódios de vômitos e dores pelo corpo, sendo diagnosticado com pneumonia. No entanto, o transporte deveria ser feito pelos próprios familiares, sem a necessidade de uma ambulância. No trajeto, a criança faleceu.  

Ainda de acordo com informações de familiares, dias antes da morte de João Pedro, a mãe, Dayane Godoy da Luz, teria levado o filho com suspeita de uma gripe forte à UPA, onde recebeu atendimento e foi liberado.

O vereador Lucão ressalta ser dever da Comissão de Saúde “acompanhar, fiscalizar e manifestar-se sobre tudo que se refere à estrutura e procedimentos do Sistema Único de Saúde dentro do município”.

“As causas da morte do João Pedro ainda são desconhecidas, mas este triste fato abalou toda a população de São Carlos, que se solidariza com a família. O mínimo que podemos fazer é acompanhar a investigação deste caso e verificar o que realmente houve. Não podemos permitir que outras perdas ocorram desta maneira. A saúde pública da nossa cidade está pedindo socorro,” enfatizou Lucão.

Deixe um comentário