POLÍTICA | Marquinho Amaral prestigia solenidade de abertura da 62º Olimpíadas La Salle

O vereador Marquinho Amaral participou nesta segunda-feira (24) da Solenidade de Abertura da 62º Olimpíadas La Salle, realizada nas quadras cobertas do Colégio La Salle. Marquinho, ex-aluno do colégio, participa todos os anos da Cerimônia de Abertura.

Marquinho tem dedicada ligação com a escola, em 2016 após requerimento do vereador, a Câmara Municipal promoveu uma sessão solene em comemoração aos 60 anos da presença da comunidade religiosa dos Irmãos Lassalistas em São Carlos. O parlamentar conseguiu também, através do governo anterior, a instalação de uma travessia segura defronte à escola para maior segurança dos alunos.

Também estiveram presentes no evento, o vice-prefeito Giuliano Cardinali, o Secretário de Esportes e Cultura, Edson Ferraz, o diretor, Ir. Moysés Borges, o vice-diretor, Ir. Daniel Steinmetz, supervisor administrativo, João Rogério, Supervisor Educativo e Coordenador do Fundamental, Fabio Picolo e demais membros da Coordenação do Colégio.

“É um prazer poder participar e ajudar uma Instituição tão renomada e idônea, como o Colégio Diocesano La Salle”, declarou Marquinho. Destacando ainda, “a maravilhosa presença dos alunos Lassalistas, que foram brilhantes”.

O Colégio Diocesano La Salle São Carlos 

Fundado no dia 07 de março de 1923, que inicialmente funcionou como uma escola primária particular. Em 1925 a Mitra Diocesana de São Carlos construiu uma ala com mais salas de aula, com isso a escola primária se transformou em Ginásio e internato.

Em 1953 iniciou o Curso Colegial e o Internato foi fechado. Mas, o prédio estava precário e situação financeira instável. Diante desta situação, a Mitra Diocesana fez a doação do prédio e do terreno para o Instituto dos Irmãos das Escolas Cristãs (Lassalistas).

Em 1957 os Irmãos Lassalistas iniciaram as atividades pedagógicas e a construção de um novo prédio. A escola foi denominada Centro Educacional Diocesano La Salle, nome jurídico que conservou até 2009. A partir de 2010, passou a ser denominada Colégio Diocesano La Salle São Carlos, nome jurídico que conserva até os dias atuais. A inauguração do novo prédio ocorreu no ano de 1962.

No ano de 1964 foi criado o Curso Técnico em Contabilidade, o primeiro curso para moças e rapazes, até então, no colégio somente estudavam rapazes. Atualmente a escola oferece os cursos de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio. Além das atividades curriculares prescritas, a escola promove atividades religiosas de catequese e Pastoral da Juventude Lassalista e atividades artísticas, esportivas e culturais.

Os educadores lassalistas têm, a partir da fé cristã, uma visão de ser humano e de sociedade. Esta visão é colocada como a grande utopia que nos atrai e para a qual, de modo bem orquestrada, caminhamos. É fundamental que, ao integrar a Comunidade Educativa Lassalista, cada família, aluno e profissional conheça e aceite colaborar na busca desta utopia.

O desenvolvimento integral do educando condiciona toda a vida da Escola Lassalista: as relações humanas, a escolha e o tratamento dos conteúdos das disciplinas escolares, a metodologia a ser utilizada no processo de ensino-aprendizagem, as atividades esportivas, artísticas, sociais, religiosas e outras, e todo o ambiente educativo. A Escola Lassalista visa, sobretudo, formar cidadãos participativos capazes de uma vivência ética e fraterna, numa sociedade plena de incertezas.

As Olimpíadas Lassalista, tem como uma das finalidades, oferecer ajuda ao menos favorecidos de São Carlos, durante as olimpíadas o Colégio La Salle arrecada uma quantidade significativa de alimentos e outros mantimentos que irão ser direcionados a pessoas que carecem de coisas básicas no cotidiano.