ECONOMIA | São Carlos e região continuam na Fase Amarela do Plano SP

O comércio de São Carlos vai continuar funcionando por 8 horas diárias. O anúncio foi feito pelo governador João Doria na coletiva de imprensa que apresentou a décima segunda atualização do Plano São Paulo, nesta sexta-feira, 28, no Palácio dos Bandeirantes.

Desde a última segunda-feira, 24, todas as cidades da região central tiveram a opção da mudança de 6h para 8h diárias, a permissão do funcionamento na Fase Amarela do Plano SP.

O presidente da ACISC (Associação Comercial e Industrial de São Carlos), José Fernando Domingues, comentou sobre a atualização desta sexta. “Essa atualização foi extraordinária, ou seja, as regiões só poderiam regredir e não avançar. Graças aos esforços de todos os nossos comerciantes, que tem respeitado as medidas e os protocolos sanitários, nossa região tem controlado o avanço do coronavírus e, com isso, permanecemos na Fase Amarela”, afirmou.

O comércio e serviços, na cidade de São Carlos, estão funcionando das 10h às 18h, de segunda a sexta-feira, e aos sábados das 9h às 17h. A mudança para 8h diárias contemplou todos os setores, como comércio, serviço, shoppings, salões de beleza e barbearia, restaurantes e similares, academias, convenções e atividades culturais, os quais devem respeitar todas as recomendações de segurança, entre elas, o uso obrigatório de máscaras, e adotar os protocolos padrões e setoriais específicos.

Mais uma vez, Zelão ressaltou que a quarentena continua e reforçou a necessidade de se continuar atento às medidas sanitárias. “Vamos continuar respeitando as medidas de distanciamento social e os protocolos sanitários, utilizando máscaras, para que, finalmente, consigamos avançar para a Fase Verde, que vai aumentar a flexibilização das atividades comerciais”, afirmou.

As normas sanitárias continuam sendo as mesmas para todos os segmentos: disponibilizar higienização para funcionários e consumidores com álcool gel 70% em pontos estratégicos; os funcionários devem utilizar máscaras durante toda a jornada de trabalho, assim como os consumidores; o acesso e o número de pessoas nos estabelecimentos devem ser controlados; manter todas as áreas ventiladas; e a fila deve ter distanciamento de 2 metros entre as pessoas.