RELIGIÃO | Diocese de São Carlos participa de momento histórico de escuta pedido pelo Papa

A Diocese de São Carlos realiza nesta próxima quarta-feira, 20, a Missa de Abertura da fase de escuta Diocesana sobre o Sínodo dos Bispos. Este será o maior movimento de consulta democrática da história da Igreja Católica, o Sínodo, anunciado em maio deste ano, será realizado em três fases: diocesana, continental e universal. Este caminho sinodal terá a duração de três anos, tendo como tema: “Para uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”.

A celebração que marcará o início deste processo na Diocese de São Carlos será presidida pelo Administrador Diocesano – Dom Eduardo Malaspina no Santuário São Pio x às 19h30. Em comunhão com a Igreja de Francisco, todas as Dioceses do mundo são motivadas a realizar esta abertura Sinodal.

Uma Comissão Diocesana para o Sínodo 2021-2023 está sendo constituída com a representatividade de todas as instâncias da Igreja presente na Diocese e terá como missão “promover a animação do processo sinodal, promover o envolvimento de todas as forças vivas da Diocese, promover experiências formativas sobre o tema do sínodo e organizar as atividades pré-sinodal”. Esta comissão será apresentada ao público, também, na quarta-feira.

Entenda o Sínodo

O Sínodo é a assembleia representativa dos Bispos que discute um assunto atual na Igreja. Através desta assembleia a Igreja revê posturas e adota novas ações capazes de corresponder às demandas evangelizadoras do seu tempo.

Entenda a fase Diocesana

Cada diocese enviará suas contribuições à Conferência Episcopal, que terá uma reunião de seus pastores para ouvir o que o Espírito suscitar. A síntese será enviada à Secretaria Geral do Sínodo. Também serão recebidas as contribuições dos dicastérios da Cúria, às Uniões dos Superiores e das Superioras Maiores, Uniões ou Federações de Vida Consagrada, Movimentos leigos internacionais, Universidades ou Faculdades de Teologia.

Tudo isso acontecerá antes de abril de 2022. A Secretaria Geral do Sínodo redigirá o primeiro Documento de Trabalho antes de setembro de 2022.