REGIÃO | Araraquara terá selo comemorativo aos 200 anos

Para prefeito, esse é o primeiro presente para a cidade.  Por ano, somente sete selos são lançados no país

Araraquara terá um selo histórico comemorativo aos seus 200 anos que será celebrado em 22 de agosto. A informação foi confirmada neste domingo, dia 29, pelo prefeito Edinho e pelo ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab que visitou a cidade. A cerimônia foi acompanhada pela deputada Márcia Lia, pelo deputado Roberto Massafera, pelo presidente da Câmara, Jeferson Yashuda, vereadores e outras autoridades regionais.

“É um reconhecimento do país ao aniversário da cidade, ao momento histórico que Araraquara vive ao completar seu bicentenário”, explicou Edinho. O prefeito esteve em Brasília na última semana e, na oportunidade, se reuniu com Kassab e com o presidente dos Correios, Guilherme Campos para solicitar a homenagem.  “Vamos divulgar ao Brasil e fazer um registro histórico dos nossos 200 anos. Quero agradecer muito esse presente, o primeiro que a cidade recebe”, agradeceu Edinho.

Segundo o ministro, o Brasil autoriza, por ano, somente sete selos especiais. “O Edinho, antes mesmo de assumir, quando recebeu meu telefonema o cumprimentando pela vitória, já havia solicitado o selo. E como eu iria falar não para Araraquara, uma cidade tão querida”, disse Kassab. Segundo ele, o Ministério recebe dezenas de pedidos anualmente, evidenciando o quanto o selo é valorizado. “Tenho certeza que conseguiremos fazer uma solenidade histórica quando da emissão desse selo”, ressaltou o ministro.

A partir de agora, um grupo de trabalho será formado para a confecção do selo que será utilizado pelos Correios em todo o país. O prefeito não descarta a possibilidade de um concurso de ideias. Na sua avaliação, o de hoje fica marcado na história do município. “Nossos 200 anos será um momento de fazer reflexão de tudo o que foi construído até hoje e também de pactuar o nosso futuro. Depende de cada um de nós a construção de uma cidade cada vez mais solidária e participativa”, finalizou o prefeito. 

Deixe uma resposta