SÉRIE A3 | São Carlos FC segura pressão, mantém tabu e vence a primeira na competição

 

Foi sofrido, mas o São Carlos Futebol Clube venceu seu primeiro jogo no Campeonato Paulista da Série A3 de 2017. A Águia da Central bateu o Comercial por 1 a 0 em jogo realizado na manhã de domingo (12), no estádio Dr. Francisco de Palma Travassos, na cidade de Ribeirão Preto, em partida válida pela quarta rodada.

A primeira etapa iniciou com os donos da casa pressionando e partindo para o ataque. O Comercial criava, mas não conseguia vazar o arqueiro Leandro. Na primeira vez que chegou ao ataque o São Carlos balançou as redes. Em escapada rápida pelo lado esquerdo Rossini cruzou rasteiro e a bola sobrou para Bosco, que da entrada área, bateu forte para vencer o goleiro Cairo Marangoni. Pressionado pela torcida o Comercial chegava com perigo à meta são-carlense. Leandro fez linda defesa em chute forte de fora da área. Já nos acréscimos Totô, de cabeça, quase igualou o placar.

O segundo tempo foi marcado com os dosno da casa pressionando e o São Carlos se defendendo e esperando um contra-ataque para definir a partida. Como no primeiro tempo o Comercial não conseguia furar a defesa são-carlense. Na melhor oportunidade, já aos 40 minutos, Leandro com os pés operou um verdadeiro milagre evitando o empate.

A vitória do São Carlos manteve dois tabus. O primeiro que não existe empate no confronto em jogos realizados em Ribeirão Preto. O segundo foi a manutenção da invencibilidade diante do adversário em jogos válidos pela Série A3. Agora são duas vitórias e um empate. O time deixa a zona de rebaixamento e agora soma 4 pontos ganhos ocupando a 13ª colocação.

O time volta a campo pela quinta rodada na noite da próxima quarta-feira (15) quando encara o Desportivo Brasil a partir das 19 horas no estádio municipal professor Luis Augusto de Oliveira (Luisão). Para esta partida estão disponíveis 1500 ingressos para serem trocados por duas garrafas pet cada através do projeto Futebol Sustentável da Federação Paulista de Futebol.

São Carlos: Leandro, Marcus Vinicius, Rodrigo, Thuram e Testoni (Diego). Zé Augusto, Bosco, Mauro Victor e Rossini. Gustavo Henrique (Júlio Alves) e Dival (Carlos Júnior). Técnico: Luiz Muller.

Comercial: Cairo Marangoni, Tabarana (Tiago Moura), Danilo Costa, Thiagão e Dionatan. Carlão, Igor Pimentel, Pablo e Naldinho (Mirray). Mateus Totô (Jairo Paraíba) e Cadu Barone. Técnico: Amauri Knevitz.

Deixe uma resposta