POLÍTICA | Lucão quer saber se município tem vacinas suficientes contra febre amarela

O presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal, vereador Lucão Fernandes (PMDB), reuniu-se na tarde desta quinta-feira (16), em seu gabinete, com a enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Katia Spiller para obter informações sobre a vacinação contra a febre amarela no município de São Carlos. De acordo com Katia, o município dispõe de vacinas suficientes para atender à demanda municipal. Ela deverá pronunciar-se na tribuna livre da próxima sessão plenária da Câmara, na terça-feira, dia 21, conforme solicitação encaminhada pelo SINDISPAM.

A Comissão Permanente de Saúde, também composta pelos vereadores Cidinha do Oncológico (SD) e Elton Carvalho (PSB), preocupa-se com esse tema, uma vez que a única forma de evitar a doença é por meio da vacinação. Neste sábado a Vigilância Epidemiológica cumprirá a última etapa da intensificação da vacinação contra a febre amarela na zona rural, que ocorre desde janeiro.

Katia Spiller observou que desde 1942 não se registram no país, casos de morte por febre amarela urbana, transmitida pelo mosquito aedes aegypti. Os casos registrados no Brasil são de febre amarela silvestre,cujos vetores são os mosquitos haemagogus e sabethes e os macacos são os hospedeiros.

Recomendação

O município de São Carlos incluiu a vacinação contra a febre amarela no calendário de rotina a partir de 2008, quando foi registrado um óbito por febre amarela silvestre e o município passou a ser classificado como área de recomendação da vacina. Normalmente para crianças a vacina é aplicada em duas doses, aos 9 meses e aos quatro anos. A partir de cinco anos, a vacinação deve ser feita também em duas doses, com intervalo de dez anos para o reforço que garante imunização por toda a vida.

A enfermeira da Vigilância Epidemiológica informou durante a reunião com o presidente da Comissão de Saúde quem 2016 foram aplicadas em São Carlos 4.200 doses de vacina contra a febre amarela. Em 2017, no mês de janeiro o município recebeu e distribuiu 8.200 doses e neste mês de fevereiro foram recebidas 10 mil doses, com cinco mil aplicadas e cinco mil ainda disponíveis. As vacinas estão sendo aplicadas nas unidades básicas de saúde (UBS) e unidades de saúde da família (USF), cuja escala pode ser conferida no site da prefeitura (www.saocarlos.sp.gov.br).

Deixe uma resposta