RUGBY | Em Ibaté, equipe de São Carlos vence a de Ribeirão Preto

Na tarde do último sábado, 18, São Carlos e Ribeirão Preto se enfrentaram em partida amistosa que ocorreu no Estádio Dagnino Rossi, em Ibaté. 

“Trazer o jogo para Ibaté foi, em parte, por conta de nossa política de expansão e divulgação do rugby; afinal, como ter um time forte se o esporte não é forte em nossa região?”, comentou Leonardo Carniato, diretor de comunicação do São Carlos. “Ademais, também é uma maneira de incentivar as crianças e jovens que, desde julho do ano passado, tem treinado rugby aqui em Ibaté.  É uma grande oportunidade de consolidar a paixão desses jovens e crianças pelo esporte bem como é uma forma de arregimentar novos interessados. Somos bastante gratos à Diretoria de Esportes de Ibaté por nos apoiar e dar o suporte para o desenvolvimento do esporte”, finalizou Carniato.

No que tange ao jogo, o primeiro chute de saída foi dado por Ribeirão Preto. E, ainda que o São Carlos mantivesse mais posse de bola no início da partida, o nervosismo do primeiro jogo da temporada e um pouco de falta de entrosamento fazia com que a equipe não conseguisse finalizar. Também fez com que a equipe errasse mais. 

E, como quem não faz, toma, aos 15 minutos o Ribeirão Preto abriu o com Marcelo Danesin: penal cobrado na linha dos 5m e o segunda-linha ribeirão-pretano caiu para o try. Daniel Tiezzi, treinador e capitão da equipe verde e azul, converteu. São Carlos 0 x 7 Ribeirão Preto.

Após o try das águias, o São Carlos retomou a postura ofensiva mas, ainda assim, continuava a pecar nas finalizações. E, uma vez mais, os rinocerontes foram punidos com um try do adversário: aos 36 mintuos, depois de avançar por mais de 40m e se desvencilhar da defesa rinocerontina, Gabriel Braz ampliou para os ribeirão-pretano. Dessa vez, não houve conversão. São Carlos 0 x 12 Ribeirão.

O São Carlos só conseguiu marcar nos acréscimos quando o reestreante Diego dos Santos avançou por entre a defesa de Ribeirão e marcou o primeiro try do São Carlos. Eduardo de Andrade converteu e o primeiro tempo terminou em São Carlos 7 x 12 Ribeirão.

Voltando mais focado no segundo tempo, o São Carlos abriu o placar logo 3 minutos com Gabriel Pinheiro: depois de uma cobrança rápida de penal, o terceira-linha são-carlense caiu no ingoal ribeirão-pretano para mais um try ricerontino, empatando a partida. Com Andrade convertendo de novo, o São Carlos virava o placar. São Carlos 14 x 12 Ribeirão Preto.

Os rinocerontes, então, foram ao ataque com mais tranquilidade e conseguiram fazer a posse de bola se converter em pontos. Aos 12 minutos, depois de boa bola trabalhada na base, Arthur Sargentini ampliou o para os auri-rubros. Andrade converteu e ampliou o placar. São Carlos 21 x 12 Ribeirão Preto. Andrade ainda converteria um penal aos 26 minutos e somaria mais três pontos para o São Carlos.

O São Carlos ainda marcaria mais dois tries: um com Italo Inforzato, aos 36 minutos, e outro com o recém-promovido à equipe adulta, Luiz Nunes – já nos acréscimos. Andrade converteria ambos os penais e daria números finais ao jogo: São Carlos 38 x 12 Ribeirão Preto.

“Fizemos um bom jogo, apesar de alguns erros comuns por falta de entrosamento nesse começo da temporada”, afirmou o treinador Jean Ferrarini. “O jogo também foi proveitoso para testarmos novos jogadores e colocar nosso padrão de jogo em prática”, finalizou.

“Foi uma estreia muito promissora, apesar dos erros do início da partida”, comentou o capitão Andrade. “Precisávamos ver como a equipe estava para esse ano e acabar com o nervosismo de por em prática tudo o que temos feito nos treinamentos. Demonstramos bastante resiliência e mesmo com as falhas e o placar inicial desvantajoso, conseguimos impor nosso ritmo, nos organizar e fazer uma boa partida que nos levou à vitória nesse primeiro jogo do ano. Também foi positivo ver como os reforços estão somando à equipe: estreantes e reestreantes (da base e dos tempos antigos do time) se destacaram e mostraram ser fortes reforços para o Campeonato Paulista”, finalizou.

Os rinocerontes voltam a campo para mais um amistoso no próximo dia 4 de março, quando vão até Santana do Parnaíba enfrentar o Pasteur. O primeiro compromisso da equipe pelo Paulista acontecerá no dia 25 de março, em São José dos Campos, contra a equipe local – atual campeã paulista.

O São Carlos agradece imensamente a equipe do Ribeirão Preto pela partida e à todos que estiveram no Estádio acompanhando a partida. Também agradece a Prefeitura de Ibaté e a Diretoria de Esportes, em especial ao diretor Raul Seixas II, por todo apoio nos dado.

O São Carlos é patrocinado pela clínica Fisio & Cia e tem o apoio do Escritório de Contabilidade Valverde, do Bar do Alex, dos departamento esportivo e das Atléticas da USP e da UFSCar e, para esta partida, da Prefeitura Municipal de Ibaté.

Deixe uma resposta