SEGURANÇA | PM e GM trabalham para aumentar o monitoramento por câmeras em São Carlos

 

Em reunião realizada na manhã da última segunda-feira (13), no Paço Municipal, foi discutida mais uma etapa para a implantação de um novo sistema de videomonitoramento por câmeras OCR.

Participaram da reunião, a quarta realizada desde o início do ano, o tenente coronel Alexandre Wellington de Souza, comandante geral do 38º Batalhão da Polícia Militar (BPM-I), o subcomandante Major Paulo César Belonci, Major Moreira, o diretor de Coordenação de Política Institucional da Secretaria de Governo, Samir Gardini, o comandante da Guarda Municipal, Michael Yabuki e Cristiano Pedrino, diretor do Departamento de Tecnologia da Informação (TI) da Prefeitura de São Carlos.

Desta vez foram discutidos os pontos de instalação de câmeras, inclusive nos distritos de Água Vermelha e de Santa Eudóxia. Hoje o município possui 24 câmeras, sendo que 19 estão em funcionamento, 5 em manutenção, e a ideia é a adquirir outras 37 câmeras embarcadas com software OCR (Optical Character Recognition).

Os recursos de OCR são utilizados para reconhecimento automático de placas de veículos, permite identificar, de forma confiável, veículos com restrições de trânsito (carro roubado, IPVA vencido, multas não pagas, etc.), emitindo alertas às autoridades no momento que passarem pela blitz de fiscalização, possibilitando ação imediata como: apreensão do veículo, rendição dos passageiros e qualquer outra medida que se julgar necessária. Ao passar pela câmera de fiscalização, a placa do veículo é fotografada, registrando-a em um banco de dados de imagens com data, hora, câmera, possibilitando diversas consultas e um gerenciamento mais eficaz do trânsito.

 “Com o projeto de instalação de sistema de videomonitoramento por câmeras OCR vai ser possível conciliar tecnologia e inteligência aos indicadores de criminalidade e vulnerabilidade, propiciando assim, melhores respostas. O monitoramento das câmeras, a principio, continua na Guarda Municipal, depois passaremos para o Centro Integrado de Monitoramento e Inteligência (CIMI), uma parceria entre o município e as policias Militar e Civil”, explicou Samir Gardini.

Para o tenente coronel Alexandre Wellington de Souza o videomonitoramento fornece informações importantes para a Polícia. “O monitoramento facilita o trabalho de logística e deslocamento das viaturas”.

Ainda não há previsão de quando as novas câmeras serão instaladas, já que a próxima etapa será alavancar recursos para a compra dos equipamentos.

Deixe uma resposta