ARARAQUARA | Parlamento Jovem: Alunos apresentam propostas para melhoria do município

Projeto de lei? Indicação? Requerimento? Esses são os principais instrumentos de trabalho de um parlamentar: as proposituras. Nesta quinta-feira (25), foi a vez dos alunos da escola Coeducar participarem de uma oficina para aprender a elaborar esses documentos e entender suas finalidades. Essa é a terceira etapa do projeto Parlamento Jovem, organizado pela Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Araraquara em parceria com o Laboratório de Política e Governo da Unesp.

 O Requerimento é destinado à obtenção de informações por parte dos parlamentares em relação a setores do Executivo. A Indicação é elaborada pelos vereadores para que a Prefeitura tome alguma providência para melhoria do município. O Projeto de Lei é proposto quando há a necessidade de criação de novas leis em prol da população.

Após a parte teórica da oficina, os estudantes adequaram suas ideias ao melhor tipo de propositura e, em duplas, elaboraram uma delas. Os alunos criaram propostas para melhorar o trânsito, a segurança nas escolas, a prática esportiva e a geração de renda, por exemplo. A área cultural também foi contemplada. “Meu grupo teve a ideia de criar um show para que os alunos mostrem seus talentos”, afirmou o estudante Mateus Elias.

O educador Dante Cieto ressaltou a importância da iniciativa da Casa de Leis. “A política, que tem sido tão debatida, também precisa ser trabalhada, para incentivar essa cultura da participação nos jovens. Eles precisam saber que a política é algo em construção e essa oficina exemplifica isso”.

Para continuidade do projeto, cada escola deverá selecionar internamente apenas uma propositura, e, dentre essas, a Escola do Legislativo escolherá 18 propostas para participar de uma Sessão Ordinária na Câmara em setembro. Se aprovada, a ideia da dupla vencedora será colocada em prática no município.

 

Deixe uma resposta