SÃO CARLOS | Habitação firma convênio com Empresa Júnior da UFSCar

 

A Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano assinou na tarde desta segunda-feira (5), mais uma parceria com a Universidade Federal de São Carlos – UFSCar. O convênio com a Empresa Júnior de Estatística (EJE), foi viabilizado com apoio da empresa DBotelho Empreendimentos. Participaram da assinatura o prefeito Airton Garcia, o vice-prefeito e secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Giuliano Cardinali, os empresários Daniel de Arruda Botellho e Martinho de Arruda Botelho e os estudantes Mayra Formenton, Daniele Amâncio e Michelangelo dos Anjos.

“Essa é mais uma parceria que a Secretaria de Habitação conseguiu viabilizar. Hoje, já contabilizamos mais de R$ 150 mil em doações e parcerias com a iniciativa privada e com as universidades. Mas que isso, estamos estreitando os laços entre a cidade e as universidades. Temos muito conhecimento produzido aqui e é importante usar isso em prol do município”, afirmou Giuliano Cardinali.

O trabalho da Empresa Júnior de Estatística (EJE) será levantar qual o custo da demora da aprovação de processos na Habitação, tanto para a Prefeitura quanto para os empreendimentos. “Vamos entender de forma numérica quanto custa um processo dentro da Prefeitura, quanto custa ele sendo rápido ou sendo moroso. Além disso, quais benefícios à agilidade, ou não, trás para a cidade e para o empreendimento. Vamos conseguir demonstrar que uma secretaria que anda rápido, que tem agilidade nos processos só trás benefícios para o município”, afirmou Giuliano Cardinali.  

A empresa DBotelho Empreendimentos fará o investimento no projeto que terá seis meses de duração. “Nós acreditamos muito nessa parceria-público privada, no trabalho em conjunto. Nesse caso, ambas as partes, iniciativa privada e governo precisam entender que a demora e o atraso, geram um variação na viabilidade econômica de um empreendimento, ou seja, atrasa o empreendimento, atrasa a instalação de uma nova fábrica, de um novo residencial e isso tudo atrasa o desenvolvimento da cidade. Para uma cidade que quer crescer, gerar desenvolvimento e progresso para o cidadão é importante que seja feito um estudo com as diferentes facetas da aprovação de projetos dessa natureza”, afirmou o empresário Daniel de Arruda Botelho.

A parceria ajuda tanto a Prefeitura, como a cidade e os estudantes. “O objetivo do trabalho da Empresa Júnior de Estatísticas é aproximar o meio acadêmico da cidade. A forma de fazer isso é através de projetos que impactam o desenvolvimento da cidade. Para nós, contribui também para o nosso crescimento acadêmico”, afirmou Mayra Formenton, diretora de relações comerciais da EJE.

Para o prefeito Airton Garcia, a aproximação de todos os setores da sociedade será fundamental para o crescimento da cidade. “Estou muito satisfeito com as parcerias com empresas e principalmente, com as universidades. Cabe a nós, enquanto gestores, aproximar a São Carlos da tecnologia, do conhecimento, do saber, dos cientistas e trabalhar juntos para o crescimento da cidade”, disse ele.

Deixe uma resposta