FUTEBOL | Valdir Robles celebra vitória e enaltece colaboradores do Grêmio São-carlense Sub-16

A temporada do Grêmio Sãocarlense mal começou e o clube já quebrou seu primeiro recorde. Em seu segundo ano de retorno às atividades, o Lobão da Central estabeleceu, no último domingo (2), sua maior vitória até o momento, ao bater o Raça, em plena casa do adversário, por 5 a 0, pela Taça Paulista Sub-16.

Assim, a equipe formada exclusivamente por atletas da cidade e da região superou, em termos numéricos, a até então vitória mais expressiva gremista, conquistada em 10 de julho do último ano, por 4 a 0 frente o Guariba pela Taça Paulista Sub-18, em duelo disputado no Estádio Municipal Prof. Luís Augusto de Oliveira ‘Luisão’.

Feliz com o resultado, o treinador Sub-16, Valdir Robles, revelou suas preocupações antes do jogo, bem como a filosofia levada a campo para conquistar a vitória. “Havia o comentário de que o Raça é uma grande equipe, com boa estrutura e treinando há algum tempo, o que não deixa de ser verdade, mas conseguimos pegar nossas peças e montar um time forte, de qualidade e que levou à prática o que foi projetado na teoria”

“Fomos para Hortolândia para ganhar o jogo, mas não esperava que com uma vantagem tão larga. Jogamos para não tomar o gol e sair no contra-ataque com os dois jogadores rápidos que eu tenho, mas foram surgindo as oportunidades, pudemos marcar os gols e, se não tivéssemos perdido outras tantas chances, poderíamos ter conquistado um placar ainda mais elástico”, comenta Robles.

Evidentemente, elogios não faltaram à dedicação dos atletas e apoiadores. “Agradeço ao meu plantel, aos profissionais e aos patrocinadores que nos ajudaram. Esta colaboração e profissionalismo de todos refletiu no resultado”, ressalta o treinador.

Segundo Robles, o diferencial do elenco gremista se destina ao fato de não ser formado apenas pelos 11 atletas que iniciam as partidas, mas pelo conjunto como um todo. Para ele, os suplentes têm a mesma importância dos titulares, sendo fator determinante para a escolha dos atletas que vão às quatro linhas apenas o momento do jogo.

“O jogador que fica no banco no meu time não é porque ele tem menor qualidade, e sim pelo tipo de jogo. Aqui no Grêmio todos têm qualidade, e ainda faltam quatro jogadores para serem inscritos em breve”, avisa.

Ao projetar o futuro, o técnico gremista já pensa no próximo compromisso, contra os rio-clarenses do Grêmio Bela Vista, em partida que marca a estreia da base do Sãocarlense diante de seu torcedor.

“Vamos jogar da mesma maneira que jogamos em Hortolândia, ou seja, respeitando o adversário, mas sem medo. Nosso time vai jogar bola, para não tomar e para fazer os gols. Estamos com o mesmo objetivo, todos nós, e quando ocorre esta união as coisas acontecem. É o que vai acontecer com o Grêmio esse ano, pois pode ter certeza que o Grêmio voltou”, finaliza Valdir Robles.

A partida entre Grêmio Sãocarlense e Grêmio Bela Vista, pela segunda rodada da Taça Paulista Sub-16, está agendada para o sábado (15), às 8h30. O compromisso, marcado para o Estádio Municipal Luiz Estevan de Siqueira ‘Zuzão’, na Vila São José, também se destina como preliminar do confronto Sub-19 entre as mesmas equipes, que atuam logo depois, às 11h.

Deixe um comentário