IBATÉ | Centro de Referência da Mulher atende cerca de 5 mil pacientes no primeiro semestre

Somente no primeiro semestre desse ano, o Centro de Referência da Saúde da Mulher (CRSM) de Ibaté realizou aproximadamente cinco mil consultas e atendeu 190 grávidas por mês.

O equipamento público de saúde foi inaugurado no dia 24 de junho de 2015 e é destinado, exclusivamente, às mulheres que são atendidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), do município.

De acordo com o Departamento Municipal de Saúde, são mais de 800 consultas por mês, atendendo a população de segunda a sexta-feira, com prioridade à saúde da mulher, em todos os seus ciclos, por meio de assistência em consultas ambulatoriais, exames específicos, assistência em situações especiais, como vítimas de agressão e planejamento familiar, além de pré-natal, grupos de gestantes e consultas pós-parto.

A reforma do prédio que passou a abrigar o CRSM teve início na gestão da ex-prefeita Lu Spilla (PSDB) e continuidade e inauguração com o ex-prefeito Dr. Alessandro Magno de Melo Rosa (PSDB). “Precisamos parabenizar os ex-prefeitos Lu e Dr. Alessandro pela reforma e inauguração deste Centro de Referência da Saúde da Mulher que atende milhares de mulheres e cuidado, com prioridade, da saúde do público feminino, pensando sempre em seu bem estar, acompanhando, cuidando e orientando todas as fases de sua vida, indo desde os exames de rotina, que toda mulher deve fazer, até ao tratamento mais específico, além de realizar o acompanhamento das gestações e o nascimento dos bebês”, destacou o prefeito José Luiz Parrella (PSDB).

O CRSM conta com dois médicos, uma enfermeira, uma auxiliar de enfermagem e duas atendentes. “O nosso objetivo é cada vez mais melhorar a saúde de Ibaté, trazendo mais qualidade e bem estar para a nossa população, por isso, estamos sempre trabalhando com o intuito de melhorar os atendimentos e vamos fazer o mesmo com este espaço”, destacou o prefeito.

Natani e Marluce, pacientes do Centro de Referência da Mulher, relataram que se sentem mais a vontade em ter um local apropriado para o pré-natal e os exames de rotina. “Sempre trocamos informações e dúvidas com outras pacientes”, afirmaram.

CRSM

O atendimento no Centro da Mulher contribui de forma muito positiva com toda a saúde do município de Ibaté, pois tem um local referenciado que contribui também com a melhoria do fluxo de pessoas nas demais Unidades de Saúde Municipais, que acumulavam as consultas de Ginecologia, pré-natal e pós-parto, entre os outros atendimentos.

O CRSM também tem contribuído para a redução do coeficiente de mortalidade infantil (CMI) na cidade de Ibaté. O município atingiu o menor coeficiente de mortalidade dentro do Departamento Regional de Saúde de Araraquara (DRS-3), registrando apenas 3,8 óbitos para cada grupo de mil nascidos vivos.

Os dados foram apresentados pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade) e o índice é muito inferior ao limite ideal aceito pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para países em desenvolvimento, que é de 10 para mil.

Deixe uma resposta