SÃO CARLOS | Tapa-buraco começa com atraso por problemas em caminhão da empresa contratada

 

Um problema com um dos veículos da empresa VAA Construções (Valéria Andreoli de Almeida Construções – EPP) provocou atraso na operação tapa-buraco que começou nesta segunda-feira (10), em São Carlos. Sem a massa asfáltica, as equipes terceirizadas contratadas só começaram os trabalhos no início da tarde.

Duas equipes começaram a tapar os buracos na avenida José Antônio Migliato, no bairro Cidade Aracy, e na rua Francisco Possa, no Arnon de Melo. “Nós já notificamos a empresa que não podemos ter problemas como o de hoje. As equipes precisam começar cedo e cumprir o cronograma passado pela Secretaria de Serviços Públicos. Nossos funcionários estarão acompanhando toda a operação”, disse Mariel Olmo, secretário de Serviços Públicos.

O contrato com a VAA tem validade para 12 meses, no valor de R$ 3.938.000,00. Duas equipes começaram a operação, daqui 15 dias mais duas estarão nas ruas. “Até dezembro, vamos investir R$ 2.400.000,00. Nossa expectativa é tapar em torno de 30 mil buracos. Além das equipes terceirizadas, nossa equipe também estará nas ruas. Todo o trabalho tem o acompanhamento da Secretaria. Estamos licitando uma empresa que assumirá o controle de metragem do tapa-buraco”, afirmou Mariel.

O vice-prefeito e secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Giuliano Cardinali, acompanhou o início da operação. “A operação tapa-buraco é uma conquista. Foram seis meses de trabalho árduo, com processos licitatórios. Hoje estamos começando e agora vai deslanchar, pois estamos num período que não chove tanto. O trabalho vai ocorrer de forma rápida”, disse Giuliano.

As equipes estão trabalhando nos bairros. Nesta terça-feira (11), a operação tapa-buraco continua no Cidade Aracy, na avenida José Antonio Migliato e no Arnon de Melo, na rua Francisco Possa.

Deixe uma resposta