IBATÉ | União e esforço político propicia implantação da Atividade Delegada no município

Graças ao trabalho conjunto das forças políticas, na última segunda-feira, 14, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) assinou autorização de convênio entre a Prefeitura de Ibaté e a Secretaria Estadual de Segurança Pública para a implantação da Atividade Delegada na cidade.

A implantação do programa em Ibaté terá como objetivo o combate ao funcionamento irregular ou ilegal e das atividades que gerem poluição sonora em regiões críticas, além de operações em bares e outros pontos da cidade. O policial que estiver de folga pode atuar no reforço da escala da Polícia Militar recebendo pelo serviço. O valor pago é repassado pela prefeitura por meio de um convênio com a polícia, através do Governo Estadual.

O projeto na cidade teve início na administração do ex-prefeito Dr. Alessandro Rosa (PSDB), que enviou a proposta para a Câmara Municipal, onde foi aprovada pelos vereadores da Legislatura passada.

Na atual administração, o prefeito José Luiz Parella não mediu esforços para que a Atividade Delegada começasse a funcionar, uma vez que, a segurança é uma das prioridades de sua administração.

Zé Parrella considera de extrema importância esse convênio. “Isso mostra nossa preocupação em relação à segurança. Com certeza, o convênio contribuirá nas fiscalizações de trânsito diárias, no patrulhamento e no combate ao crime, principalmente, ao tráfico de drogas, pois agora teremos mais policiais militares nas ruas de Ibaté”, destacou.

O deputado federal Lobbe Neto, do PSDB paulista, também fez gestões junto ao secretário estadual Mágino Alves Barbosa Filho. “Fomos informados pela prefeitura de que o convênio estaria na mesa do Mágino, aguardando apenas uma assinatura, então, entramos em contato com o secretário, o qual informou que daria prioridade para a cidade de Ibaté”, comentou o parlamentar tucano.

O Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) também trabalhou para que a Atividade Delegada fosse concretizada. “Estivemos ao longo do processo, acompanhando cada momento, desde as primeiras reuniões até encontros na Secretaria de Segurança Pública, onde no mês de Julho, juntamente com o vereador Eduardo Galdiano, tivemos uma reunião com o secretário-adjunto, Dr. Sérgio Turra, e o mesmo afirmou que iria agilizar a aprovação”, destacou o secretário do Conseg, Augusto Neto. 

A quantidade necessária de efetivo será avaliada pelo município e pelo comando do batalhão. “A medida trará mais segurança a população de Ibaté, com a assinatura deveremos estudar a melhor forma de trabalhar para fiscalizar o trânsito e também contra a criminalidade”, apontou o tenente da PM, Daniel Marcio Molina.

Agora com a liberação do Governo do Estado de São Paulo, o documento será enviado para a assinatura do Poder Executivo para que, em breve, a Atividade Delegada tenha início na cidade.

Deixe uma resposta