POLÍTICA | Floriano Pesaro lança pré-candidatura a Governador pelo PSDB

O secretário estadual de Desenvolvimento Social e deputado federal licenciado, Floriano Pesaro (PSDB), anunciou na noite desta segunda-feira, 18, sua pré-candidatura ao governo do estado de São Paulo. “É cedo para tratarmos da sucessão do governador Geraldo Alckmin. Devemos primeiro, garanti-lo como nosso candidato à Presidência da República e esse deve ser também o grande projeto de todos nós. Mas, como já tivemos a apresentação de um pré-candidato, que já vem conversando com o partido por meio de e-mail enviado aos delegados do diretório estadual, também coloco aqui meu nome a serviço do projeto do Governador Geraldo Alckmin, como nosso candidato à Presidência da República. Também à disposição do partido como seu sucessor e, portanto, nas prévias deste ano”, declarou.

Pesaro fez questão de citar sua trajetória dentro do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), chegando apresentar sua ficha de filiação. “Sou da cepa de Franco Montoro. Meu ingresso foi junto com a fundação do partido, no dia 16 de março de 1989, ficha 253. Tenho 29 anos de PSDB, ajudei a criar a juventude do PSDB e a JULAD”, relatou.

O secretário estadual também citou que teve o privilégio de compor a equipe do presidente Fernando Henrique Cardoso. “Ao lado do ministro Paulo Renato, implantamos o maior programa social da história do Brasil, o Bolsa Escola. Em seguida, o FIES, o financiamento estudantil”, lembrou.

O pré-candidato citou que trabalhou também ao lado de pessoas como Clovis Carvalho, Eduardo Graeff, Eduardo Jorge. “Depois, como secretário adjunto do Arnaldo Madeira da Casa Civil do primeiro Governo Alckmin. Em 2005, tive a oportunidade de contar com a confiança do José Serra e fui secretário de assistência social na Prefeitura de São Paulo. Em 2015, voltei ao Governo do Estado de São Paulo como secretário de desenvolvimento social”, contou.

Pesaro também declarou que é uma das poucas pessoas do PSDB que teve absoluta confiança em cargos de primeiro escalão de FHC, Serra, Geraldo Alckmin e Montoro. “Só não tive do [Mário] Covas porque estava em Brasília e não aqui, em São Paulo. Mas, ao fundar a juventude fui um dos coordenadores do MCP, Movimento Covas Presidente, antes da eleição do Fernando Henrique. Ao lado da Cristina Masagão, Tião Farias, Edsinho Tomas”, afirmou.

“Saí da minha zona de conforto, de cargo de confiança, para disputar três eleições pelo meu partido. Ganhei as três: duas para vereador e uma para deputado federal. Desta forma, me sinto totalmente à vontade, em casa, nesta grande família social democrata para resgatar os princípios do partido, da carta de origem do partido, do manifesto…”, afirmou durante seu discurso.

Pesaro afirmou que disputará as prévias dentro do ninho tucano e está preparado para ganhar ou perder. “Posso garantir que se perder, não sairei deste partido. O nosso compromisso com os mais pobres e com as reformas, contra as corporações é que eu quero colocar o meu nome à disposição do PSDB”, finalizou.

3 thoughts on “POLÍTICA | Floriano Pesaro lança pré-candidatura a Governador pelo PSDB

  1. Floriano fico feliz quando posso acreditar num político eu como formadora de opinião sei sua credibilidade carinho que abraça suas causas estamos com você nesse trabalho de melhorar são Paulo. Estamos a sua disposição associação Mercosul de imprensa. Vanira Vergani presidente nacional.

Deixe uma resposta