SÃO CARLOS | ANVISA emite parecer favorável para Internacionalização do Aeroporto de São Carlos

 

Prestes a completar 160 anos [04 de novembro], São Carlos recebeu do deputado federal Lobbe Neto, do PSDB paulista, a notícia de mais um grande presente. Trata-se da Internacionalização do Aeroporto Estadual “Mário Pereira Lopes”.

Lobbe Neto conta que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu parecer favorável à internacionalização do aeroporto da cidade. O processo já passou por várias instâncias federais e obteve manifestação favorável prévia do Ministério da Agricultura, por meio do Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro), Receita Federal e da Polícia Federal, além da Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias (Conaero).

“Agora com esta notícia da Anvisa, finalmente, estamos próximos de concretizar esse trabalho que iniciamos a longos anos, através da união de forças políticas da nossa Capital Nacional da Tecnologia. A internacionalização do Aeroporto Mario Pereira Lopes vai representar um crescimento econômico e geração de empregos, muito importante para a cidade”, afirmou o parlamentar tucano.

Lobbe Neto explica que a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) havia solicitado à Polícia Federal e Vigiagro, uma nova vistoria com o objetivo de verificar se os itens apontados durante visita técnica ao aeroporto, em fevereiro desse ano, haviam sido sanados pelo Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp). “Ontem [terça-feira, 31/10], a Polícia Federal e a Receita Federal estiveram no aeroporto e constataram que esses itens, em sua maioria, já foram atendidos e o Vigiagro também se manifestou favoravelmente à internacionalização, uma vez que, serão realizadas apenas operações restritas para a manutenção de aeronaves”, explicou.

O processo entra em fase conclusiva. A Polícia Federal e Vigiagro vão formalizar o Daesp, via ofício, o qual deverá apresentar os documentos para a ANAC, atendendo à Resolução 181 do órgão, que estabelece regras para designação dos aeroportos internacionais brasileiros.

Em um primeiro momento, a internacionalização do Aeroporto Estadual “Mário Pereira Lopes” será exclusivamente para translado de aeronaves para manutenção. Embora não contar com trânsito de passageiros, a Anvisa exigiu uma série de normas para segurança da tripulação.

Único representante de São Carlos no Congresso Nacional, Lobbe Neto tem trabalhado e se empenhado, há muito tempo, para que a internacionalização se concretize e gere novos empregos e renda para São Carlos e região. “Trabalhamos aqui desde a desapropriação dessa pista, que era particular e passou a ser estadual. Depois com a vinda da TAM, agora Latam, enfim, tudo isso faz parte de um trabalho iniciado há muito tempo, com muitas autoridades e forças políticas colaborando”, lembrou.

De acordo a LATAM, a internacionalização do aeroporto de São Carlos pode tornar o seu Centro de Manutenção (MRO) mais competitivo internacionalmente e resultaria em uma redução significativa dos custos adicionais exigidos atualmente com diárias, improdutividade dos aviões, combustível, pousos, decolagens e tripulação das aeronaves que saem de outros países para acessar os hangares de manutenção na Capital Nacional da Tecnologia. Estima-se que esses custos sejam reduzidos em cerca de R$ 9 milhões por ano, pelos serviços de manutenção aeronáutica, prestados atualmente em São Carlos.

Deixe uma resposta