SÃO CARLOS | Libras: Servidores da Secretaria de Trabalho recebem certificação

 

Servidores da Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda (SMTER), receberam na tarde desta terça-feira (7), os certificados pela conclusão do curso de Oficina de Libras (Língua Brasileira de Sinais) módulos I e II.

A iniciativa da SMTER realizada em parceria com a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, envolveu servidores que realizam atendimento aos trabalhadores, empregadores, empreendedores e a população em geral, nos processos de Intermediação de Mão de Obra (IMO), Habilitação ao Seguro Desemprego (SD), emissão de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), setor administrativo e operacional.

A certificação contou com a presença dos secretários municipais Walcinyr Bragatto (Trabalho, Emprego e Renda), José Paulo Gomes (Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida), e Herbherth Novaes, intérprete de Libras.

A Oficina de Libras I, com carga horária de 20h, foi realizada entre 5 de abril e 9 de julho e a Oficina de Libras II, com carga horária de 25h, ocorreu entre 5 de julho e 27 de outubro, ministrado por Herbherth Novaes, intérprete de Libras e Rosana Mangili, professora. A proposta apresentou a língua em situações dialógicas, como cumprimentos, atribuições de sinal pessoal e expressões faciais, sinais de uso no trabalho e cotidiano.

O secretário de Trabalho, Emprego e Renda, Walcinyr Bragatto, ressaltou a importância da formação para os servidores e a oferta do atendimento ao público com acessibilidade e a comunicação das pessoas com deficiência. “Nós temos que dar as melhores condições de atendimento e isso inclui a comunicação das pessoas com deficiência, com dificuldade para se comunicar e que precisam se comunicar em libras É importante que a nossa equipe esteja treinada e preparada para fazer bem esse atendimento. A equipe toda se disponibilizou, se empenhou, além das funções que já faz diariamente para poder acompanhar o curso nos dois módulos. Hoje nossos atendentes têm todas as condições de atender, recepcionar como já fazem e também se comunicar em libras”, disse Bragatto.

O secretário de Trabalho, Emprego e Renda de São Carlos ressaltou também que houve melhoria na acessibilidade da SMTER que passou a ter vagas internas de estacionamento para a pessoa com deficiência e idosos no estacionamento interno da Casa do Trabalhador. “As pessoas podem acessar o estacionamento interno da Casa do Trabalhador com veículo, estamos procurando fazer a lição de casa, temos que garantir o acesso das pessoas que merecem ser bem atendidas, com maior facilidade de comunicação. Agradeço a parceria com a Secretaria da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida na formação gratuita dos nossos agentes de atendimento para a comunicação em libras”, finalizou Bragatto.

José Paulo Gomes, secretário da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida enfatizou ser de extrema importância à capacitação e comunicação em libras. “No passado principalmente os surdos quando chegavam a um ambiente de acolhimento, não tinham como ser atendidos porque ninguém tinha essa formação. Hoje nós começamos pela Casa do Trabalhador com todos os funcionários se preparando. É admirável ver que o grupo todo se propôs a isso, é extremamente importante, porque o acolhimento para as pessoas é o início de tudo. Sem acolhimento a pessoa fica acanhada, não consegue dar o passo seguinte e nem fazer o cadastro para a vaga do emprego que é oferecido”, ressaltou José Paulo Gomes.

Deixe uma resposta