REGIÃO | Boa notícia: Honda vai abrir fábrica em Itirapina e deixará de fazer carros em Sumaré

A Honda anunciou nesta terça-feira (3) uma reestruturação em sua operação no Brasil. A marca vai abrir a fábrica em Itirapina (SP) no ano que vem, e deixar de produzir automóveis na unidade de Sumaré, também no interior paulista.

No entanto, a fábrica mais antiga vai continuar produzindo motores e outros componentes para os veículos montados na nova unidade. A mudança começa em 2019, mas só deve ser concluída em 2021.

Atualmente, a Honda produz no Brasil os modelos Fit, Civic, City, HR-V e WR-V. O primeiro modelo a migrar de Sumaré é o monovolume Fit. A marca também afirmou que os funcionários serão transferidos para Itirapina.

Além disso, a Honda afirmou que a nova unidade tem “tecnologia mais atualizada”, melhorando a produtividade da empresa.

Fábrica estava ‘trancada’

A fábrica de Itirapina ficou pronta em 2016, mas, ainda no ano anterior, em meio à crise, a marca japonesa resolveu “trancar” o local até que o mercado mostrasse recuperação, chegando novamente a 3 milhões de unidades vendidas ao ano – em 2017 foram 2,2 milhões.

A unidade tem capacidade para produzir 120 mil veículos por ano. É o mesmo número que tem a planta de Sumaré.

Em entrevista ao G1, no início deste ano, o presidente da Honda, Issao Mizoguchi, falou sobre a possibilidade de a Honda usar as duas fábricas, como previsto.

Ele explicou que ainda não via demanda suficiente do mercado suficiente para a produção em duas unidades.

Ele explicou que ainda não via demanda suficiente do mercado suficiente para a produção em duas unidades. 

 
Presidente da Honda fala sobre a fábrica de Itirapina (SP)

Presidente da Honda fala sobre a fábrica de Itirapina (SP)